Os 5 passos fundamentais para você estruturar o RH em sua Startup

Iniciar uma Startup não é fácil. Geralmente é uma equipe pequena em um lugar improvisado. Já contamos aqui no blog como é trabalhar em uma Startup pela visão dos empreendedores , onde os próprios contam a importância das pessoas na empresa. E no geral, o objetivo principal de toda Startup é crescer não é mesmo? Chega um ponto que se torna necessário criar um setor responsável pela contratação, treinamento e as outras diversas funções do RH da empresa. A ABS (Associação Brasileira de Startups) já comentou nesse post sobre como as Startups devem lidar com equipes em crescimento.

A partir dele, você pode avaliar sobre a real necessidade da sua empresa e definir se é a hora certa de expandir o time. Buscar os melhores profissionais é fundamental para o sucesso da Startup, muitas vezes a gestão de pessoas é feita improvisadamente pelos diretores e o CEO, justamente por não ter capital suficiente para se estruturar o setor de recursos humanos, dessa forma dividindo essa responsabilidade entre várias pessoas.

Além da contratação de novos talentos, o RH é responsável por diversas questões fundamentais, como mapear os funcionários, mensurando sua performance e desenvolvimento, criar treinamentos, avaliar pontos a serem melhorados, gestão do capital humano, comunicação interna e auxiliar a disseminar a cultura da Startup. Nesse artigo, iremos contar o passo a passo para se estruturar o setor de RH da sua Startup. Claro que não existe uma receita específica para esse momento, afinal cada Startup tem sua cultura, prioridades e capital. Mas iremos falar de forma mais abrangente para que você possa compreender a importância da estruturação desse setor de gestão de Recursos Humanos. São 5 passos fundamentais para se iniciar:

1 – Contratar um profissional específico para o cargo

Parece meio óbvio, mas centralizar as tarefas pertinentes à gestão de pessoas em um profissional experiente e eficaz irá auxiliar em diversos aspectos, inclusive a contratar de forma mais qualificada, permitindo que os diretores, ou quem estiver gerindo esse setor, demandem seu tempo especificamente para suas tarefas originais. Para contratar pessoas qualificadas é necessário ter tempo para avaliar currículos, elaborar testes, fazer entrevistas. Ter um profissional designado para realizar essas tarefas economiza tempo e dinheiro para o empreendedor, afinal reduz o risco de contratação de pessoas que não são interessantes ou que não possuem a cultura da empresa. Além de permitir que os outros processos inerentes ao setor sejam desenvolvidos de forma assertiva, com treinamentos, avaliações de performance e as outras diversas tarefas necessárias.  

2 – Disseminar a cultura da empresa

Startups são conhecidas pelos seus valores culturais. Cada uma tem seu clima organizacional próprio e seus valores. Essa definição serve para nortear futuras contratações, mensurar a satisfação dos funcionários e ter uma equipe alinhada com os objetivos. Fazer isso é muito simples, basta ter uma visão analítica e questionários de avaliação 360° com os profissionais que atuam na Startup, além das aspirações e objetivos dos fundadores. O setor de RH vai auxiliar na identificação da cultura da Startup, disseminar e manter esses valores para os novos profissionais e para o time atual.  

3 – Planejamento estratégico do RH

  Igualmente a todos os setores, os Recursos Humanos devem definir bem suas estratégias de contratação e de desenvolvimento do time. A elaboração do planejamento estratégico deve conter aspectos como código de ética, ações para realizar a fim de gerar aproximação entre equipe e gestores, tipos de treinamentos e o momento ideal para realizá-los, criação do onboarding (integração de novos funcionários), avaliações de desempenho, políticas de contratação e o que mais for necessário para gerar um clima agradável e contratações certeiras.  

4 – Definição de cargos e salários

  Pode parecer um aspecto muito convencional se tratando de uma Startup, porém é importante estabelecer as responsabilidades de cada funcionário e o quanto é investido nele mensalmente através de seu salário. Dessa forma, é possível avaliar o que cada um faz diariamente, descrever os perfis com qualificações e competências, mensurar seus resultados e verificar se seu salário está compatível com o mercado. Aliado a isso, é interessante elaborar as Políticas de Recompensa, onde constará o plano de carreira, benefícios, reconhecimentos, aspectos que são determinantes para gerar motivação no funcionário e consequentemente resultado.  

5 – Comunicação interna

Pequenas atitudes podem transformar o clima da Startup. Um mural, emails informativos, softwares de comunicação empresarial, são ações simples que visam unificar ainda mais a equipe. Seja criativo para motivar seu time! Informe datas comemorativas, reuniões, festas e é claro, o happy hour. Esses cinco passos podem não ser tão simples quanto parecem. É muito importante que você invista tempo e dinheiro para implementar o setor de Recursos Humanos de forma eficiente. Com tudo elaborado e funcionando, você irá observar mudanças significativas no desempenho da sua equipe e da Startup. O objetivo desse guia é te auxiliar na implementação do setor e é bem provável que você “pivote” algumas coisas, mas em suma, esses pontos lhe auxiliarão nesse novo desafio.

Lembre-se que o RH não é responsável apenas pelas contratações, são diversas as funções desse setor. De forma abrangente, podemos citar que o RH é encarregado da gestão do time, apoio, formação de liderança, performance, equilibro interno com relação ao plano de cargos e salários, comunicação interna, capacitação, gerenciamento de resultados, parte estratégica, ou seja, é fundamental para que sua Startup cresça de forma significativa e sustentável. Estruturar o RH permite que além de tudo, você compreenda as pessoas que trabalham com você. Quer entender melhor como pensam os colaboradores das Startups? Veja nosso post sobre isso!

Últimos Artigos

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Curtiu nosso blog? Inscreva-se na nossa newsletter e receba nossos melhores conteúdos.

Se desafie aprendendo sobre uma das 4 profissões mais valorizadas pelo mercado digital em uma experiência imersiva de 5 semanas

SAIBA MAIS
Dúvidas, enviar um e-mail para contato@gama.academy
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram