Principais métricas de marketing para você acompanhar

O trabalho feito pelo time de marketing da sua empresa para apresentar um produto ou para conduzir a geração e nutrição de leads, jornada do/a cliente, campanhas em redes sociais e outras estratégias precisam ser pautadas e verificadas por métricas de marketing.

Com certeza, essa é a principal diferença do marketing digital para o marketing tradicional, já que as métricas do marketing digital permitem obter, através do comportamento do/a próprio/a usuário/a, informações preciosas e importantes para saber se o trabalho está funcionando ou não.

Todo o esforço, tempo, recursos e ações da equipe de comunicação e marketing de uma startup ou empresa digital só valem a pena se as métricas de marketing comprovarem que o retorno está de acordo com o investimento realizado.

Porém, são tantas métricas de marketing que você pode ficar até confuso/a ou em dúvida sobre qual delas escolher e quais podem não fazer tanto sentido assim para a realidade do seu negócio.

Leia também: Saiba em quais áreas do marketing digital você pode atuar

Antes de nos aprofundarmos nas métricas de marketing mais usadas pelos/as profissionais atualizados/as, vamos falar sobre a importância de fazer uma análise minuciosa das métricas e do tráfego para planejar as suas ações.

Importância de definir, medir e acompanhar métricas de marketing

Atualmente, com tantas ferramentas para obter métricas de marketing muito precisas, não há motivos para ficar no escuro, sem saber o que está dando certo ou errado nas estratégias da sua empresa.

Para quem atua no digital, uma regra é clara: toda ação de marketing precisa ser mensurada.

Não existe razão ou desculpa para negligenciar os dados. 

Se o time tem condições de saber se as ações estão gerando retorno através das métricas de marketing, isso deve ser feito o mais rápido possível, e de forma assertiva. 

As métricas de marketing são essenciais para que você alcance:

  • O tão esperado crescimento nas vendas;
  • Aumento no número de visitas no blog, site e páginas;
  • Mais geração de leads;
  • Ampliação da vida útil do/a cliente;
  • Identifique e implemente melhorias nos processos com base na análise de dados.

As métricas de marketing são utilizadas para calcular o Custo de Aquisição de Clientes (COCA), para planejar o tempo de resposta da equipe de vendas, identificar o tráfego do site e a proporção de leads que ele gera, com atenção para a qualidade do tráfego e para a taxa de conversão.

No caso específico do tráfego do site, por exemplo, as métricas de marketing indicam os page views, o tempo médio de cada visita, as páginas mais visitadas e a taxa de rejeição, entre outros dados essenciais para uma estratégia bem definida e eficiente.

Com as métricas de marketing, sua equipe também vai saber o real alcance das postagens nas redes sociais e o engajamento que os posts geram, indicando como você deve distribuir e interagir com seu público para gerar vendas.

No caso do e-mail marketing, os dados mostram quantos e-mails foram abertos, a taxa de conversão, taxa de cancelamento de inscrição e encaminhamentos.

Ou seja, como vimos até agora, as métricas de marketing são indispensáveis para que seu time trabalhe de maneira organizada e planejada para potencializar os resultados e elevar a performance de vendas a cada mês, identificando rapidamente erros e acertos.

Como definir as principais métricas de marketing que seu time vai acompanhar

É quase impossível trabalhar com todas as métricas de marketing ao mesmo tempo e não se perder com tantos dados, gráficos e relatórios que são gerados para análises - principalmente se o seu time for enxuto.

Como em tudo na vida, e nas métricas de marketing não é diferente, seu time vai ter que trabalhar com prioridades.

Logo, ter o objetivo claro da empresa em mente é essencial para escolher a ferramenta de métrica correta.

Sua empresa quer aumentar o engajamento nas redes sociais? Se este é o caso, existem ferramentas que extraem métricas excelentes para isso.

O objetivo é verificar se a estratégia de e-mail marketing pode ser interessante para esquentar leads? Então, uma ferramenta deve ser separada para mensurar esses resultados. 

Com organização e planejamento, você pode, junto com o time, definir os objetivos de venda e marketing digital para aumentar as receitas com suas estratégias.

O importante é saber aonde o time pretende chegar com as métricas de marketing, escolher a ferramenta correta para isso e desenvolver as principais habilidades de marketing para conquistar o sucesso esperado pela empresa. 

Dois toques são bem importantes aqui: muitas vezes, é melhor seu time explorar bem uma ou duas métricas de marketing do que ter muitas e não conseguir realizar um bom trabalho.

Além disso, todas as vezes que uma métrica de marketing for inserida no sistema de trabalho, é muito interessante fazer um treinamento para atualizar o time ou mesmo ensinar como utilizar um software ou ferramenta específica.

Quais são as principais métricas de marketing?

Como eu estava dizendo, as métricas de marketing são geradas por ferramentas que você já utiliza no seu trabalho de marketing digital ou que vai incluir para uma determinada estratégia.

Por isso, vamos apresentar as principais métricas e ferramentas eficientes que vão entregar os dados que você precisa! Vamos lá? 

Ferramentas úteis para métricas de marketing digital:

Google Analytics

O Google Analytics é uma ótima ferramenta de métricas de marketing para monitoramento do site, para você saber mais sobre o comportamento dos/as usuários/as no seu negócio.

Kissmetrics

Este é um ótimo software, que vai te auxiliar a entender o comportamento do/a usuário/a no site, perceber os pontos com falhas e corrigir os problemas para aumentar as taxas de conversão.

Métricas importantes 

ROI

O sucesso de um negócio online depende da capacidade de analisar a origem e o impacto do tráfego gerado pelos canais de captação de leads.

Com base em dados precisos, o tráfego pode ser qualificado, otimizado e direcionado para a geração de leads, com o objetivo de aumentar a taxa de conversão.

Entre os dados disponíveis estão:

  • Horários e dias com maior número de visitas;
  • Localização dos/as visitantes;
  • Páginas visitadas no site;
  • Visitas por dispositivos móveis;
  • Alcance das redes sociais;
  • Número de vendas concretizadas
  • e, consequentemente, o ROI (Retorno sobre o Investimento). 

Com o ROI, você descobre se o seu esforço de marketing está sendo positivo, seja nas suas ações em postagens do blog, campanhas de Google Ads ou ações em redes sociais.

O seu objetivo para analisar o ROI é identificar a origem do tráfego, quanto este tráfego custou para chegar até você e qual o valor de receita gerada por este tráfego.

Então, fica mais fácil definir o caminho, se é economicamente viável continuar investindo em Blog Post ou se é melhor ampliar ações em Google Ads, por exemplo.

Veja uma maneira de calcular o ROI:

Gasto com marketing – R$ 10 mil
Receita – R$ 20 mil
ROI = Receita – Gasto com marketing / Gasto com marketing
ROI = 20-10/10
ROI = 10/10
ROI = 1

O retorno é de 100% do valor investido!

LTV  —  Lifetime Value

O LTV, ou Valor Vitalício do/a Cliente, é uma das métricas de marketing mais utilizadas pelos times.

Esta métrica é uma estimativa de quanto você pretende faturar com um/a cliente pelo período em que ele/a estiver junto da sua empresa.

O valor representa uma média e, para chegar ao valor do LTV, você precisa usar outros indicadores.

Use a taxa de abandono dos/as clientes e o ticket médio das vendas feitas para eles/as.

Assim, é possível identificar por quanto tempo ele/a utiliza o seu produto/serviço. Faça uma multiplicação do ticket médio mensal pelo tempo que o/a cliente permanece na sua empresa.

Veja: ticket médio é de R$ 300 por mês e o/a cliente permanece sendo seu/sua comprador/a por seis meses. O LTV será de R$ 1.800,00.

CAC  —  Custo de Aquisição por Cliente

O CAC é o Custo de Aquisição por Cliente, que significa o quanto você investe para ter um/a novo cliente consumindo seu serviço ou produto.

Essa é uma das métricas de marketing mais importantes para uma empresa conseguir elaborar uma receita de sucesso e sustentar seu crescimento.

A conta é simples: de um lado estão todos os seus custos com marketing durante um mês, 6 meses ou 12 meses. Compare o resultado com as receitas geradas no mesmo período.

Vamos pensar em um cenário imaginário: seu custo em três meses foi de R$ 12 mil e, neste período, você conquistou 21 clientes novos/as. Então, na média, você gasta R$ 4 mil por mês para obter sete clientes.

O CAC é de R$ 572, aproximadamente. Então, seu time de marketing sabe avaliar se este é um valor viável ou não.

MRR  — Monthly Recurring Revenue /  Receita Mensal Recorrente

Se o seu produto pode ser assinado pelo/a cliente, este sistema de trabalho com receita mensal recorrente é uma das métricas de marketing mais úteis para o seu modelo de negócio.

Para a sua empresa, a taxa de retenção precisa ser elevada, contando com uma métrica mais transparente a respeito das condições reais do negócio, bem como identificar se está na hora de fazer alguma alteração de preços, por exemplo.

Conversão do funil

Entre suas métricas de marketing pode estar a taxa de conversão de funil de marketing e a jornada de compra do/a cliente.

Além de saber se o funil está eficiente, você vai compreender os possíveis gargalos de cada uma das etapas.

Para isso, sua equipe de marketing precisa registrar quantos/as clientes passam de uma etapa para outra do funil e como essa transição ocorre, se o time de marketing precisa fazer algum ajuste, entre outras situações.

Número de conversões

Com o Google Analytics, sua equipe de marketing pode observar o número de conversões, que significa cada etapa que um/a usuário percorre no sentido de se tornar um/a cliente.

Quer um exemplo? Se ele baixa o seu e-book, é uma conversão. Se ele decide receber sua newsletter, também é uma conversão. E assim por diante... Cada passo conta como uma conversão.

Se este número não estiver em um patamar esperado, sua equipe de marketing precisa identificar o problema: dificuldade para navegar no site, falta de segurança, copywriting, conteúdo no blog post que não é interessante, entre muitos outros fatores.

Analise os pontos de conversão de maneira separada.

Com o Google Analytics fica ainda mais fácil fazer este trabalho. Mas lembre-se que, antes de qualquer coisa, você precisa ter um objetivo claro para o seu negócio, pois é ele que vai nortear as decisões da equipe e que ajudará a definir as melhores métricas de marketing! 

Curtiu esse conteúdo? Aproveita para dar uma olhada agora nas principais áreas do marketing nas quais você pode atuar! 

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram