Copywriting x SEO Writing: qual é a diferença?

O marketing de conteúdo revolucionou a maneira como profissionais de marketing atraem, envolvem e convertem seus leads em clientes.

Duas estratégias do marketing de conteúdo que são cruciais para todos os negócios são o copywriting e o SEO writing.

Às vezes, esses dois conceitos podem se sobrepor ou alguns profissionais de marketing podem agrupá-los na mesma categoria, executando uma estratégia de conteúdo sem diferenciá-los. 

Como profissional de marketing, é importante saber a diferença entre copywriting e SEO writing já que, quando implementados corretamente, os dois formatos de conteúdo ajudarão você a alcançar os resultados que está procurando.

Neste artigo, discutiremos cada um deles e como você pode maximizar cada modelo na sua estratégia integrada de marketing.

Os fundamentos do Marketing de Conteúdo

Para entender completamente a diferença entre copywriting e SEO writing, precisamos primeiro entender o marketing de conteúdo como um todo.

O marketing de conteúdo é o processo de criação e compartilhamento de conteúdo com o objetivo de atrair, engajar e converter leads.

Ao contrário da crença popular, não é nada novo. Ele existe há centenas de anos e é popularmente rastreado desde Benjamin Franklin.

O conteúdo em si é fornecido em vários formatos, como e-mails, páginas da web, postagens em blogs, vídeos, releases, postagens em mídias sociais e qualquer outra mensagem que você incluir em sua campanha de marketing. 

A única coisa que todo conteúdo têm em comum é que tudo envolve palavras que precisam ser escritas de uma maneira especial para atingir um objetivo final.

É aí que a confusão pode começar. Embora todos esses ativos de marketing exijam redação, nem todas as mensagens devem ser escritas da mesma maneira. 

Pense nisso como uma conversa da vida real. Mesmo que você possa contar a mesma história para duas pessoas diferentes, você provavelmente muda a maneira de contar à sua mãe e à sua melhor amiga. 

O mesmo conceito se aplica ao marketing de conteúdo porque, embora seu objetivo final seja o mesmo, você está comunicando informações em um contexto diferente ou gerando conversões usando um método diferente.

Essa é a razão pela qual existem diferenças significativas entre copywriting e SEO writing. 

Um olhar aprofundado sobre copywriting 

O conceito de copywriting é definido como a criação estratégica de conteúdo para criar reconhecimento de marca e, finalmente, incentivar os consumidores a tomar uma ação específica - provavelmente, isso esteja associado a uma compra. 

É também chamado de escrita persuasiva, por esse mesmo motivo.

A produção de conteúdo com copywriting pode abranger diversos projetos e pode assumir várias formas, dependendo da sua empresa e produto.

Redatores/as de copywriting se concentram principalmente em projetos como:

  • E-mail
  • Mensagem direta
  • Páginas web
  • Landing Pages
  • Anúncios Impressos
  • Scripts de vídeo e áudio

Este é só um pequeno exemplo da longa lista de projetos nos quais copywriters podem trabalhar. 

Elementos de um bom copywriting

Para que uma pessoa copywriter produza um bom conteúdo, é importante que ela tenha certos elementos que o tornem forte o suficiente para deixar uma impressão e estimular as pessoas. 

1. Audiência

O copywriting é uma disciplina que cria conteúdo para um público específico. Para que a estratégia seja eficaz, o conteúdo deve abordar um problema específico de um grupo-alvo, apresentando a marca como uma solução.

Por esse motivo, os/as redatores/as devem entender a psicologia das pessoas para quem estão escrevendo. Essa é uma habilidade inestimável que ajudará o/a redator/a a pressionar os botões certos na pessoa que está recebendo o conteúdo.

2. Apelo emocional 

Outro elemento forte do copywriting é que ele tem a capacidade de mexer com as emoções da pessoa leitora.

Para fazer isso, os/as redatores/as aprendem a habilidade e a arte de usar certas palavras que provocam a resposta emocional desejada. Na mesma linha, também sabem omitir palavras específicas para criar um uso específico ou uma experiência de leitura própria. 

Isso se aplica especialmente ao copywriting para mídias que exigem pequenas contagens de palavras, como linhas de assunto em e-mails ou manchetes em artigos.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Copyblogger, 80% dos/as seus/suas visitantes lerão seu título. Mas apenas 20% lerão o artigo inteiro. 

Se você falhar na hora de chamar a atenção da audiência com o título, não importa quão bom seu conteúdo seja, você não conseguirá que as pessoas o leiam.

É por isso que o copywriting é uma habilidade tão fundamental no marketing. É preciso muito esforço e talento para criar um conteúdo que produza resultados.

SEO Writing: do que se trata? 

Se há um campo de marketing que é um mistério para muitas pessoas, este campo é o SEO. 

SEO, ou otimização para os mecanismos de buscas, é um campo em que você se concentra nas melhores práticas que ajudam seu conteúdo a ter um bom ranqueamento em buscadores como Google, Bing e outros.

Então, o que é SEO Writing?

O SEO Writing, ou SEO on-page, é um tipo de redação em que você se concentra na criação de conteúdo que seja, ao mesmo tempo, amigável a pessoa leitora e ao buscador. 

Um erro que muitos/as criadores/as de conteúdo cometem é se concentrar na criação de conteúdo que seja amigável ao mecanismo de pesquisa e negligenciar a experiência do usuário. Estas são técnicas de SEO conhecidas como black hat, que não o levarão a lugar algum. 

Algumas práticas ruins de SEO incluem:

  • Uso excessivo de palavras-chave;
  • Cloaking (apresentar conteúdos diferentes para o robô de busca e para o usuário);
  • Comprar backlinks.

Já o SEO withe hat (o tipo bom) envolve a criação de conteúdo com o/a leitor/a em mente.

O foco do SEO Writing é produzir um conteúdo que seja informativo, mas também pensado para ser facilmente encontrado pelos mecanismos de buscas.  

Principais elementos do SEO Writing

O SEO Writing não é como escrever um romance. Como esse tipo de redação procura atingir uma página que fique bem ranqueada nos resultados das buscas online, o/a redator/a precisa garantir que a redação tenha alguns elementos importantes.

Pesquisa de palavras-chave 

A pesquisa de palavra-chave é uma disciplina pela qual o/a redator/a SEO busca algumas palavras específicas que as pessoas costumam pesquisar em alguns segmentos de produtos ou serviços. 

Essas palavras (ou frases no caso de palavras-chave de long-tail) geralmente direcionam o conteúdo que você criará.

Como o SEO Writing está mais focado na produção de conteúdo informativo que responda a uma pergunta, você vai usar as palavras-chave para responder as questões que as pessoas estão perguntando.

Você também pode usá-las para criar guias e outros formatos de conteúdo informativo. 

Escreva para o/a leitor/a primeiro

O erro que muitos/as redatores/as iniciantes de SEO cometem é que primeiro escrevem para os mecanismos de busca.

Embora seja importante tornar seu conteúdo "rastreável", uma das principais coisas que o Google procura no conteúdo é a relevância. Para que seu conteúdo seja relevante, ele deve ser escrito para humanos, não para os bots de pesquisa.

Outra razão pela qual o SEO Writing precisa ser focado no/a leitor/a é que os algoritmos do Google ranqueiam o conteúdo com base na intenção do/a usuário/a.

A vantagem de escrever para seus/suas leitores/as é que você recebe muitos backlinks (se o seu conteúdo for bom) e compartilhamentos de mídia social. Ambos os fatores ajudam seu conteúdo a ficar mais bem ranqueado, tornando-se mais detectável pelos buscadores.

Preste atenção às mudanças do algoritmo 

Como os algoritmos dos mecanismos de busca estão sempre mudando, as melhores práticas de escrita SEO também estão. 

Isso torna obrigatório que os/as redatores/as de SEO atualizem constantemente suas habilidades.

Estes são apenas alguns dos principais conceitos que são centrais para a escrita SEO. É um campo muito amplo que precisa de mais espaço do que isso para ser explicado completamente. 

Copywriting x SEO Writing: uma grande semelhança 

Copywriting e SEO Writing podem ser duas disciplinas diferentes, mas elas têm um terreno comum. Além do fato de que ambas exigem grandes habilidades em escrita, elas também têm um objetivo comum - impulsionar os negócios.

O principal objetivo do copywriting e do SEO Writing é atrair, envolver e converter leads. Mas as duas estratégias alcançam esse objetivo de diferentes ângulos.

Vamos olhar para essas diferenças?

Copywriting x SEO Writing: as principais diferenças

Agora que você tem uma ideia do que é Copywriting e SEO Writing, podemos ampliar nossa abordagem para as principais diferenças entre as estratégias.

Isso ajudará você, como profissional de marketing, a saber que tipo de escrita é necessário para um projeto específico.

Leia também: Saiba em quais áreas do marketing digital você pode atuar

Consumo

A maior diferença entre copywriting e SEO Writing é a maneira como o conteúdo é consumido.

Você poderia dizer que ambos os tipos de escrita são otimizados para atender a pessoa leitora ou consumidora onde estão - a escrita SEO os encontra em uma página da Web, enquanto o copywriting pode encontrá-los em um comercial de TV, anúncio impresso ou na etiqueta de um produto.

Obviamente, os dois tipos de redação podem ser consumidos on-line e, geralmente, a redação SEO é mais abrangente e pode ser encontrada em conteúdo de formato mais longo, como artigos e postagens de blog, e procura responder a uma pergunta que seus clientes em potencial possam estar tendo.

Por outro lado, o copywriting ocorre em uma voz específica da marca que você usa ao falar sobre seu produto e seus benefícios.

Público-alvo

Outra grande diferença entre copywriting e SEO Writing é o público-alvo para o qual cada tipo de redação é direcionado.

A redação SEO é criada principalmente para pessoas que estão no topo do funil - aquelas que ainda estão investigando um determinado problema.

Mas isso não quer dizer que seja usado apenas lá. Também é usado em todos os outros níveis do funil para atrair pessoas para seus produtos e serviços.

O copywriting, por outro lado, é direcionado principalmente para leads já quentes e inclinados/as para a compra ou até prontos para comprar.

Bons exemplos de tais materiais de marketing são as landing pages e páginas de vendas. 

Copywriting x SEO Writing: dois lados da mesma moeda

Uma pergunta que algumas pessoas profissionais de marketing fazem é qual dessas duas disciplinas de redação deve usar.

A resposta é: ambas. Ou seja, use os dois tipos de conteúdos onde forem necessários.

Uma campanha de marketing eficaz precisa de copywriting e SEO writing para ter sucesso. Como em uma bicicleta, se uma roda estiver faltando, você não irá muito longe.

Para concluir 

Copywriting e SEO Writing são duas disciplinas diferentes que são cruciais para todos os negócios.

Um entendimento adequado de ambas ajudará você, como profissional de marketing, a planejar e executar uma estratégia eficaz.

Este é um artigo traduzido, você pode acessar a versão original em inglês aqui.
Todos os créditos para: CAMPAIGN MONITOR 

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram