Saiba em quais áreas do marketing digital você pode atuar

Conhecer todas as possíveis áreas do Marketing Digital pode fazer uma pessoa quebrar um pouco a cabeça para decidir qual carreira irá seguir — já que são diversas as possibilidades. 

Com as diversas mudanças que as tecnologias trouxeram para o mercado e para o comportamento de consumidores/as online e offline, as demandas de skills específicas por parte das empresas para profissionais do marketing tiveram um grande impacto — expandiram e tendem a expandir ainda mais.

Entender esse leque de possibilidades pode ajudar na escolha de cursos e especializações voltados para a crescente do mundo digital e explorar um mercado cada vez mais dinâmico e inovador. E essa é uma grande decisão para quem quer se destacar como profissional.

A busca por profissionais das áreas de marketing também cresce e, por isso, decidimos fazer um artigo esclarecendo alguns pontos muito importantes sobre as reais possibilidades para quem quer iniciar ou direcionar a vida para carreiras promissoras, em startups e empresas digitais.

Veja tudo neste artigo e conte com este conteúdo que preparamos para você!

Marketing Digital x Marketing Tradicional

Para entender melhor a variedade de áreas do marketing e o que está incluído no Marketing Digital e no Marketing Tradicional, precisamos entender que, primeiro, estamos falando de uma evolução temporal da área e que, naturalmente, elas possuem similaridades e diferenças. 

A principal semelhança é que, em ambos os casos, o/a profissional precisa se preparar, conhecer o seu público-alvo e, necessariamente, precisa estar atento/a às novidades — que no mercado digital aparecem com muita velocidade.

Agora, quando falamos sobre as diferenças entre marketing digital e marketing tradicional, precisamos dizer que elas se apoiam em comportamentos completamente opostos. Veja:

Marketing Tradicional

  • A empresa vai atrás do/a cliente;
  • Linguagem unilateral;
  • A opinião do/a cliente não é considerada;
  • Altos custos;
  • Pouca ou nenhuma métrica;
  • Resultado a curto prazo.

Marketing Digital

  • O/a cliente vai atrás da empresa;
  • Linguagem bilateral;
  • O/a cliente, por vezes, define como será o produto ou serviço;
  • Custos mais acessíveis;
  • Possui uma infinidade de métricas;
  • Resultado a curto, médio e longo prazo.

Boa parte das ações do Marketing Tradicional se apoiam em campanhas offline e em canais que já foram mais populares em algum momento, como: televisão, rádio, panfletagem, jornais e outdoors. 

É importante dizer que, mesmo após tantas mudanças, esse tipo de marketing ainda está longe de ser inexistente. Afinal, vivemos em um mundo físico e ainda estamos — eventualmente — em contato com essas frentes de comunicação. 

Por outro lado, apesar de abranger um grande número de pessoas, esse tipo de estratégia raramente significa uma segmentação de público que seja assertiva para seu produto/serviço. E, hoje, oferecer um conteúdo e uma comunicação cada vez mais personalizada para um nicho pode ser o diferencial decisor num momento de compra. 

Assim, o ponto mais importante é entender como (e se) essas ações mais tradicionais podem (ou devem) se conversar com estratégias de marketing digital. Acima de tudo, é importante conhecer o público para o qual está sendo oferecido um produto/serviço e ter em mente qual é o objetivo de cada campanha. 

Analisando o mercado, é possível afirmar que quem opta pelo Marketing Digital encontra um campo promissor de desenvolvimento de carreira nos dias de hoje. 

A má notícia é que esse mercado ainda se encontra carente de profissionais qualificados/as. A boa, é que isso representa uma excelente oportunidade para quem deseja desbravar essa área e construir uma trajetória profissional de sucesso.  

Onde trabalhar nas áreas do marketing?

Quando falamos para você sobre as áreas do marketing para novas carreiras, seguramente sabemos que existem mais postos disponíveis em empresas que estão investindo em Marketing Digital do que em Marketing Tradicional.

Se você quer ainda aproveitar a onda antiga do marketing tradicional, certamente haverá espaço para sua carreira, pois não são todas as empresas que estão dispostas a abrir mão do marketing tradicional, com propagandas, feiras, panfletos e etc.

Porém, precisamos ser honestos e dizer que suas chances serão limitadas e tendem a reduzir com o tempo.

Quem pretende “abrir a mente” e aproveitar uma série de cursos para marketing digital e ferramentas para criar oportunidades nas áreas do marketing com foco no mercado atual, aprenderá técnicas que são diferentes e que estão em prática agora, entre elas educar seus/suas clientes com conteúdo relevante para depois realizar a venda. 

Em quais áreas do marketing e em quais empresas você quer trabalhar?

Essa é uma dúvida que você precisa tirar antes mesmo de entrar no mercado e definir as áreas do marketing e em quais empresas você será um/a profissional qualificado/a. Sua intenção é trabalhar em Startups que surgem todos os dias e que conseguem inovar no mercado? Ou entrar para uma agência de propaganda tradicional?

Vamos começar apostando no time que está ganhando! 

Podemos te garantir que, nesse momento, o marketing digital para startups é a área do marketing mais indicada para suas aspirações, caso você seja um/a profissional moderno/a e conectado/a! 

Só para ter ideia de quantas oportunidades estamos falando realmente, em termos de números, a Associação Brasileira de Startups indica que, atualmente, existem 10 mil startups em atividade no país. O futuro da área é promissor. Saiba como ser o/a profissional com as competências certas para esse mercado aqui!

Um conselho: antes mesmo de pensar em qual dentre as áreas do Marketing Digital você pretende atuar, é preciso entender que não se pode trabalhar em qualquer lugar. Em geral, Startups possuem uma mentalidade alinhada ao Marketing Digital e, por isso, são altamente recomendadas. 

Além disso, por trabalharem com uma equipe mais enxuta, as startups também são ótimas para que se “aprenda de tudo um pouco”. Mas não se engane, existem empresas tradicionais que também podem ser o lugar certo para atuar, afinal, em geral, elas possuem uma boa estrutura e isso facilita o trabalho.

Quais são as principais áreas?

Por fim chegamos ao mais esperado: falar das áreas do Marketing Digital nas quais você precisa desenvolver suas skills, ou habilidades profissionais. Em geral, contamos com profissionais generalistas e especialistas. O que define isso é o grau de complexidade de cada área e a experiência do/a profissional.

Não se engane, você não se tornará um/a líder em Marketing Digital se não trabalhar muito antes. Veja algumas das principais áreas do marketing digital e algumas peculiaridades sobre elas. 

Produção de conteúdo

Essa é uma das áreas do marketing indicadas para quem gosta de consumir e produzir conteúdo em todas as plataformas digitais. Entre as principais habilidades estão saber escrever bem, ser criativo/a, conhecer os temas que escreverá, ter ritmo, conhecer ferramentas como WordPress e Google Analytics. 

Quando especialista, cuida de toda a programação dos conteúdos a partir da trilha seguida pelo Lead. É uma área com amplo crescimento, pois faz parte da educação do/a consumidor/a, uma das premissas do novo conceito de marketing, ligado ao universo da tecnologia.

Redes Sociais

Essa é uma das áreas do marketing mais procuradas pelos/as novos/as profissionais do ramo, por ser extremamente atraente, empolgante e cheia de novidades. Entre as principais habilidades estão ser responsável, conhecer as diferentes redes, ser criativo/a, saber analisar as métricas de cada rede e falar corretamente com cada público.

Se você gosta de ficar scrollando o feed do Instagram, acompanhado stories das redes sociais e fica direto com o Twitter aberto, que tal profissionalizar e ganhar dinheiro com sua paixão, hábito, rotina e prazer? Estamos falando disso, de ganhar a vida com o que você já faz atualmente!

SEO/SEM:

Essa é uma das áreas do marketing indicadas para quem gosta de conhecimentos mais técnicos e profundos, ligados a ferramentas, palavras-chave, métricas, campanhas, números, relatórios e estratégias, mas, neste caso, tudo é voltado para o marketing. 

Sabe aquela técnica que permite aparecer na primeira página do Google? É sobre isso!

Entre as principais habilidades estão conhecer as técnicas de SEO para site e conteúdos em geral, dominar o Google Analytics, estar sempre atento/a às mudanças e atualizações das técnicas, acompanhar as métricas e ser analítico/a. Uma das especializações mais difíceis e valorizadas do mercado. 

Growth Hacking

Essa é uma das áreas do marketing indicada para um/a profissional estrategista, calculista e que gosta de métricas, relatórios e ações planejadas. Entre as principais habilidades estão cuidar de todas as etapas do funil de growth (aquisição, ativação, retenção, receita e recomendação).

Também é preciso trabalhar no planejamento e execução de experimentos (validação de hipóteses), analisar e se orientar por dados, conhecer a fundo os fatores de otimização, rankeamento e atualização de algoritmos, ter vivência com Adwords e Ads (Facebook e Linkedin), experiência com teste A/B, competência para analisar dados, ser curioso/a e proativo/a.   

Tráfego pago

Essa é uma das áreas do marketing mais promissoras do mercado do marketing digital, já que traz resultados rápidos para empresas que precisam vender mais e agora, para quem está com pressa.

Entre as principais habilidades estão conhecer Google Adwords e FaceAds, ser analítico/a, acompanhar de perto o resultado das campanhas e conhecer o público-alvo. Além destas áreas, ainda existem as relacionadas às automações, um dos pilares do Marketing Digital.

E-commerce 

As compras online são o presente e o futuro do varejo. Cada vez mais consumidores/as vão preferir fazer suas compras em lojas online, e isso abre um caminho de crescimento para o comércio eletrônico e para os/as profissionais que atuam nessa área. 

A pessoa ideal para trabalhar com e-commerce é aquela que domina as estratégias de vendas online, que manda bem em métricas, logística, descrição e apresentação de produtos, além de precificação.

Seja um T-Shaped Marketer

Os/as profissionais de marketing t-shaped são aqueles/as que possuem habilidades importantes, que abrangem uma ampla gama de táticas de marketing digital, com um conhecimento mais aprofundado em uma ou duas áreas.  

De acordo com o padrão T-Shaped Skills, o/a profissional precisa ser generalista, mas também deve ter especialização em uma área, para que possa atuar de forma mais livre. Isso significa ser multidisciplinar e flexível. 

Esse conceito é muito usado na área de growth hackers, profissionais que possuem uma grande variedade de habilidades e que estão sempre prontos/as para atuar com análise de dados, marketing, branding, otimização de conversão, programação, leads, marketing viral, tecnologias, entre outras áreas. 

Esses/as profissionais possuem habilidades desenvolvidas por compreensão intuitiva e também têm conhecimentos e skills que fazem parte da sua formação de base.

Um universo de oportunidades e carreiras à sua disposição!

Além dessas áreas apresentadas, existem muitas outras vertentes do Marketing Digital que podem ser aproveitadas e exploradas para o desenvolvimento de carreira e, até mesmo, para a transição de carreira. 

Afinal, se você é da galera do Marketing Tradicional (old school), você também pode querer mudar de ares e se aventurar pelas infinitas possibilidades do Marketing Digital, não é mesmo? Confira algumas dicas para fazer isso acontecer aqui!

E para ficar bem preparado/a para novos desafios profissionais, nosso conselho de ouro é que você conheça o Gama Start - Marketing Digital, uma excelente opção para aprender e se qualificar para o mercado. Esse curso foi pensado e desenvolvido para capacitar talentos e para permitir que você se prepare para trabalhar no mercado digital

E aí, ajudamos você a entender um pouco sobre as áreas do Marketing Digital? Caso tenha alguma dúvida, deixe o seu comentário.  

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram