Comandos Git: Os 5 principais comandos do Git e como usá-los para otimizar seus processos

No mercado encontramos sistemas de controle de versão, tanto soluções livres como comerciais. O controlador de versão mais utilizado atualmente no mundo é o Git [1], com repositórios no GitHub.

Afinal, o que é o Git?

É um sistema de controle de versão distribuído e também para gerenciamento de código fonte. No modelo distribuído, cada desenvolvedor pode tanto contribuir com código para outros repositórios como também ao mesmo tempo pode manter um repositório público em que outras pessoas podem contribuir e também usar como base para seus projetos. Algumas curiosidades: ele foi inicialmente projetado por Linus Torvalds para o desenvolvimento do kernel do Linux, mas em seguida foi aplicado para muitos outros projetos.

Comandos Git: Os 5 principais comandos do Git e como usá-los para otimizar seus processos 1

E o GitHub?

O GitHub é um serviço de hospedagem compartilhado para projetos que utilizam o versionamento do Git. Os repositórios remotos são versões do seu projeto que estão hospedados na Internet ou em uma rede em algum lugar, neste caso no GitHub.É escrito em Ruby on Rails. Apesar de ser gratuito para projetos open source, possui também planos pagos. Ambos os planos têm exatamente as mesmas características. Eles podem ter ilimitados repositórios públicos, com colaboradores ilimitados. As contas pagas podem criar repositórios privados ilimitados.

Os 5 principais comandos do Git

Existem vários comandos, mas quero te mostrar aqueles que pra mim são fundamentais e normalmente muito utilizados:Os 5 principais comandos que você precisa conhecer são:

Clone

Permite clonar seu projeto já criado no GitHub para sua máquina local. Exemplo:

git clone https://github.com/<username>/projeto_opensource.git

Add

Este comando adiciona o(s) arquivo(s) em um lugar que chamamos de INDEX, que funciona como uma área na qual os arquivos possam ser enviados ao Github. Exemplo:

git add index.html

Commit -m "Comentário sobre o commit"

Este comando realiza o que chamamos de “commit”, que significa pegar todos os arquivos que estão naquele lugar INDEX que o comando add adicionou e criar uma revisão com um número e um comentário, que será vista por todos. Exemplo:

git commit -m "Incluído tag h2"

Push

A tradução para push é empurrar. Este comando é usado para publicar todos os seus commits para o GitHub. Neste momento, será pedida a sua senha. Exemplo:

git push

Status

Exibe o estado atual do seu repositório. Exemplo:

git status

Os comandos acima são muitos importantes, mas existem vários outros que acrescentam novos recursos e permitem ampliar o uso deste sistema de versionamento. Aproveite para conhecer um pouco mais desta excelente ferramenta, acessando a sua documentação.Referências:

  1. Stack Overflow Developer Survey 2017. Stack Overflow. Consultado em 12 de abril de 2017
twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram