Por que as metodologias inovadoras do Gama Experience funcionam

Por que essas metodologias inovadoras importam?

No Gama Experience, existe um ambiente que proporciona uma experiência dinâmica. Que desenrola de acordo com a vivência, dedicação e entrega de cada pessoa que participa. Isso só é possível graças às metodologias inovadoras que abordamos durante todo o programa. 

Essas abordagens já são utilizadas individualmente, ou não, por outras escolas que já pretendem quebrar o sistema tradicional. E isso porque esse sistema já não consegue suprir nossas necessidades de aprendizado e, muito menos, do mercado de trabalho

Acreditamos fortemente que essa é a receita para criar ambientes que consigam oferecer a cada pessoa uma possibilidade de aprendizado de acordo com seu perfil. É uma mistura de ingredientes que, ao final, entrega o melhor resultado. Quer saber quais são?

Leia também: Como aprender com os tipos de aprendizagem? 

Blended Learning

Nós vivemos na era da informação e nossa geração é muito privilegiada por isso. Estamos apenas a um clique de distância de aprender qualquer coisa que quisermos.  E acontece que as opções são tantas, que às vezes fica até difícil de escolher. 

A era do eLearning, no entanto, não se resume apenas a esse crescente consumo de cursos e conteúdos online.

Muitos pontos dos avanços tecnológicos que afetam a área de educação questionam e transformam a forma que trabalhamos dentro da sala de aula - ou ambiente de aprendizagem. Isso porque muitos acessórios que facilitam a navegação e o acesso à informação já fazem parte do nosso dia-a-dia.

Sabemos que não dá para mudar o sistema educacional de um dia para o outro, são eras de construção que foram reforçadas de geração em geração.  Por isso, uni-se o melhor desses dois mundos - online e offline. 

A metodologia no blended learning propõe utilizar insumos tecnológicos, misturando o novo e o tradicional. Desse modo, facilita e melhora o fluxo de aprendizagem, não apenas para alunos/as, como para os/as educadores também! 

Suas vantagens envolvem uma aprendizagem mais adaptativa, um retorno (feedback) mais rápido sobre dúvidas ou atividades. Também um maior engajamento de atividades em grupo, maior possibilidade de acompanhamento do desenvolvimento individual e outras. 

Flipped Classroom

Podemos dizer que o Flipped Classroom é um braço do Blended Learning. Essa abordagem, “sala de aula invertida”, propõe um fluxo de aprendizado dinâmico por um ponto muito importante: 

Reforça que o/a educador/a não é dono/a da verdade. Os papéis entre aluno/as e professores/as são transformados e o espaço de aprendizagem em grupo é transformado em um ambiente de aprendizagem dinâmico e interativo.

Estamos acostumados/as a estar em um ambiente de sala onde o/a professor/a dita todas as regras, o que iremos aprender e em qual ritmo.

Dentro da sala, a jornada é a mesma para todas as pessoas, sem considerar os aspectos individuais. Sem envolver muita interação ou troca e as diferentes perspectivas não são expostas. 

Recebemos apenas o conhecimento que nos é oferecido para ser armazenado e, fora da sala de aula,  assimilamos isso por nossa conta.

A metodologia do b-learning propõe que aconteça o inverso: dada a nossa percepção de mundo, trazemos isso para dentro da sala. A pessoa está ali para ajudar na jornada, consolidar os conceitos através de seu conhecimento e experiência com determinado assunto ou problema que precisa ser resolvido. 

Tendo essa consciência, mais debates são estimulados e, assim, todas as pessoas envolvidas acabam sendo protagonistas da jornada de aprendizado

Todo mundo tem o que aprender e ensinar, afinal!

Lean/Agile Mindset

Esse é o conjunto das premissas e ações que surgiram do Scaled Agile Framework para empresas e lideranças. O mais importante para tirar desse framework e aplicar no desenvolvimento do mindset é que ele se baseia em três pilares de conhecimento: desenvolvimento ágil, desenvolvimento de produtos enxutos (lean) e pensamento sistêmico. 

Ter uma mentalidade ágil e enxuta fornece aos grupos as ferramentas necessárias para capacitar, potencializando a produtividade, qualidade e engajamento. Também leva em consideração o respeito pelas pessoas, culturas, flow, inovação e um senso de melhoria constante. 

Durante o Gama Experience, os/as alunos/as precisam assistir as aulas onlines, se prepararem para os encontros presenciais, realizar as tarefas individuais, além dos desafios em grupo.

Tudo isso enquanto ainda precisam trabalhar e/ou estudar e tocar suas vidas.

Como o ambiente propõe que eles/as lidem com a correria de resolução de problemas do mercado - numa rotina de trabalho - é preciso desenvolver um tipo de mentalidade e comportamento que os permita resolver isso de modo ágil e com o menor tempo/recurso.

Você também pode se interessar: O que são softskills e como isso pode acelerar minha carreira?

PBL - Problem Based Learning

Em comparação com outras metodologias inovadoras que vem surgindo e sendo testadas, essa daqui, na verdade, não é nenhuma novidade.

A PBL (aprendizagem baseada em problemas) é uma das melhoras formas de preparar alunos/as e aproximá-los/as da realidade do mercado. E também de exercitar o mindset - que falei antes.

Nessa abordagem, a gente trabalha com grupos menores e mais específicos - ao invés de uma sala de aula inteira, por exemplo. 

Um problema e um determinado contexto é entregue para o grupo que precisa discutir e resolve-lo. Simple like that. De novo, é uma forma de fazer com que as pessoas expressem suas perspectivas e opiniões sobre o assunto e cheguem a uma conclusão.

Ou seja, melhor solução, considerando as experiências de cada pessoa do grupo, nas teorias estudadas e nas causas e consequências.

O papel do/a educador/a, nesse caso, é observar o desenrolar das atividades, sem se envolver ativamente. 

T-Shaped environment

O Gama Experience trabalha o desenvolvimento de 4 áreas do mercado digital: UX/UI Design, Growth Hacking, Desenvolvimento Front-End e Inside Sales.

Apesar do desenvolvimento técnico ser focado em uma área (escolhida no momento da inscrição), as atividades em grupo oferecem a oportunidade de entender e aprender aspectos das outras áreas também. 

Um dos principais motivos pelo qual disseminamos a importância do/a aluno/a aplicar essa ideia é que, cada vez mais, estamos lidando com um mercado que exige um/a profissional que seja tão dinâmico/a quantos as mudanças que vivemos. E que consiga se adaptar às necessidades que a empresa irá demandar. 

Nessa realidade complexa, ser um/a profissional T-shaped e com a mentalidade growth, com abertura para novos aprendizados… bem, isso se torna uma vantagem competitiva incrível. 

E essa é a mistura do Brasil com o Egito

Essas são algumas das principais metodologias inovadoras utilizadas durante o programa Gama Experience.

Como parte delas envolve e estimula o protagonismo de cada pessoa no seu próprio processo de aprendizagem, outras frentes também acabam surgindo. Principalmente quando envolve o desenvolvimento de Soft Skills.  

Você já ouviu falar de algumas dessas?

Digo isso, pois, saiba que é muito importante que você entenda como funciona esse processo, assim, pode ter controle da sua própria jornada. 

Últimos Artigos

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Curtiu nosso blog? Inscreva-se na nossa newsletter e receba nossos melhores conteúdos.
twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram